Carregando…

Fatores que Influenciam na Instalação de Painéis Solares

Ultimamente muito se fala sobre a importância da sustentabilidade e da necessidade do uso de energias limpas e renováveis. Sabendo disso, a energia solar vem se estabelecendo como uma das melhores alternativas na geração de energias sustentáveis. Porém, antes de sua instalação, é necessário conhecer os fatores que influenciam no rendimento dos painéis solares.

Sendo assim, elencamos as principais características que afetam o funcionamento de um sistema fotovoltaico:

Irradiação solar  

Você se pergunta como realmente funcionam os painéis solares? Pois bem, inicialmente é necessário saber que a luz solar é primordial, sua importância é tanta pois ela é formada de partículas bem pequenas (fótons) que quando atingem as placas e entram em contato com o elemento (silício) de sua composição, atiçam suas moléculas e os fazem liberar energia em forma de eletricidade, e para essa forma de produção de energia renovável e limpa medimos a irradiância solar, que representa a quantidade de energia recebida pelo Sol pela área das placas em certos períodos durante o dia, possibilitando estudar a viabilidade da produção de energia elétrica, a partir de dados encontrados em portais como o do CRESESB (Centro de Referência para Energia Solar e Eólica).

Uma característica que possui grande influência na irradiação solar é a posição das placas. Outro fator importante é determinar a melhor angulação das placas de acordo com a região onde serão instaladas, e também a limpeza do material que garante maior rendimento do sistema.

Direção das placas

A produção de energia pode sofrer uma considerável alteração de acordo com as estações do ano e a respectiva posição do sol. Portanto, é importante direcionar os painéis de forma correta para que haja um melhor aproveitamento da luz solar durante o dia. Sendo assim, para nós que residimos no hemisfério sul, a melhor direção dos painéis é apontada para o Norte. Isso se deve ao caminho que o sol percorre de Leste a Oeste durante o dia, sofrendo uma pequena inclinação para o Norte.

Por conta disso, para sistemas conectados à rede elétrica, a direção aconselhada dos painéis é voltada para a face norte do telhado, caso não haja sombra. Porém, não deve haver preocupação para residências que não possuem telhado na face norte ou estejam cobertos por sombra. A perda energética para painéis instalados a noroeste ou nordeste varia apenas de 3% a 8%. Enquanto isso, os telhados com a face apontada para Leste ou Oeste apresentam uma perda de 12% a 20%. 

As perdas maiores da geração de energia se dão quando o telhado tem a face apontada para o Sul. Por isso, não é indicado instalar nessa direção, somente se você residir na região Norte do Brasil.

 

Angulação das placas 

É fácil entender que os painéis solares funcionam melhor quando recebem o máximo de luz solar o mais direto possível. Não é nenhuma surpresa, então, a posição dos painéis solares pode ser extremamente importante para sua produção. Quando você também considera que a produção afeta a relação custo-benefício dos painéis, é vital acertar.

A posição ideal para instalação de painéis fotovoltaicos no Brasil é voltado para o norte geográfico. Portanto, se você possuir um telhado com a face voltada para o norte e não existir sombras nesta parte do telhado, poderá instalar seu painel solar fotovoltaico nesta face. Dessa maneira, seu sistema gerador de energia fotovoltaica produzirá mais energia.

Para quem não possui uma face do telhado voltada para o norte geográfico, não se preocupe, pois a perda de geração de energia gerada pelo seu sistema solar fotovoltaico não é tão grande se for instalado nas faces voltadas ao leste e oeste, podendo variar entre 12% e 20%. Já as perdas direcionais para telhados com face NE ou NO podem variar entre 3% e 8%.

A quantidade de ângulo de inclinação realmente importa?

Sim, a inclinação de seus painéis afetará a quantidade de energia que eles produzem. Isso deve ao fato de influenciar na quantidade de luz solar que você capta.

Inclinação do seu telhado

Idealmente, um sistema de energia solar deve possuir um ângulo que seja igual à latitude do local onde está instalado. No entanto, ângulos de inclinação entre 30 e 45 graus funcionarão bem na maioria das situações. Felizmente, a angulação do sistema tem um impacto menor no rendimento dos painéis fotovoltaicos do que a direção instalada no telhado.

Limpeza 

Por fim, vale ressaltar que o sistema fotovoltaico não é constituído por partes móveis e não necessita de muita manutenção. Porém, é de extrema importância que haja a limpeza periódica dos módulos solares. Essa prática torna-se essencial para obter o máximo de rendimento do sistema, pois é a partir dos módulos que a luz solar (fótons) é captada, ocorrendo a colisão com os átomos de silício que compõem a superfície do painel solar, que acaba por ocasionar o deslocamento dos elétrons, e assim, gerando a corrente elétrica (energia). 

Sabendo disso, o ideal, em condições normais, é limpar os painéis de duas até 3 vezes por ano. Entretanto, não é todo tipo de produto que pode ser utilizado nesse momento. Dessa forma, é recomendado utilizar apenas um pano com água, e se for preciso tirar uma sujeira mais resistente, utilize esponja. 

A Biossistec Jr. possui diversas matérias sobre este sistema além de muitos outros projetos sustentáveis que oferecemos.

Se interessou?

Entre em contato com a gente, poderemos discutir sobre as melhores soluções com você!

Ou pela nossas mídias sociais: Instagram ou Facebook

Painéis solares

 

WhatsApp chat